A Câmara de Comércio Italiana em Portugal tem como tarefa institucional a de promover o desenvolvimento das trocas comerciais e da cooperação económica entre Portugal e Itália.

Com esse intuito, a Câmara põe à disposição dos operadores económicos dos dois paises, sócios e não sócios, os seguintes serviços:

Serviços de informação:     
- sobre oportunidades de negócio por sectores/mercado
- sobre feiras e outras exposições nacionais e italianas
- sobre regimes aduaneiros, normas e regulamentos
- sobre concursos públicos internacionais
- sobre instrumentos financeiros para a internacionalização
- estudos sobre o país/mercado 


Serviços de assistência:
- pesquisa orientada de listagens de empresas extraídas da "base de dados"
- pesquisa de partners comerciais e de joint-ventures
- suporte e acompanhamento na subscrição de acordos
- suporte e acompanhamento na transferência de tecnologias e concessão de licenças
- assistência para a protecção de patentes e marcas
- consultoria para a constituição de sociedades, abertura de filiais, delegações, etc. e sobre as respectivas normativas
- recuperação de créditos
- composição amigável de contencioso
- emissão de cartas de acreditação junto de terceiros
- direct marketing
- assistência para a apresentação /exposição de produtos
- organização e/ou acompanhamento de missões e encontros bilaterais
- participação em feiras
- organização de exposições
- assistência jurídica
- pesquisas de mercado por encomenda
- actividade de "mail-out"
- traduções e interpretariado 


A Câmara desenvolve igaualmente as seguintes actividades:

a) edita e difunde publicações periódicas
b) realiza cursos de língua italiana para empresas 
c) empreende iniciativas para a promoção de investimentos, quer portugueses em Itália quer italianos em Portugal
d) organiza seminários, conferências, meeting
e) colabora com:

- entidades organizadoras de feiras italianas e locais
- entidades do "sistema italiano Unioncamere"
- associações
- instituições públicas, entidades locais, etc.

Os estatutos da Câmara de Comércio Luso-Italiana estão disponíveis para o download neste endereço.

A Câmara de Comércio Italiana em Portugal nasceu no início de 1916, por iniciativa de um grupo de operadores italianos residentes em Lisboa e de portugueses (mais concretamente 12 italianos e 10 portugueses).

O acto de constituição perdeu-se, assim como uma parte do arquivo histórico, no período em que a Câmara suspendeu a sua actividade em resultado do conflito bélico 1939-1945, mas entre a documentação que chegou até aos nossos dias, apraz-nos reproduzir o texto original de duas actas: a primeira relativa à reunião do Conselho Directivo de 28 de Agosto de 1918 e a segunda à Assembleia Geral de 22 de Março de 1919.

O reconhecimento do governo italiano remonta a 1918 e as confirmações que se lhe seguiram, efectuadas para dar cumprimento a novos preceitos legais, datam de 9 de Maio de 1958 e de 11 de Outubro de 1971, esta última ainda hoje em vigor.

Em 1928, a Câmara - já em fase de expansão - abria a "Delegação" do Porto, segunda cidade do país, representativa do pólo económico e industrial mais importante de Portugal. Entre os documentos guardados, assinalamos a comunicação oficial da abertura da Deleçação.

Continuando a servir-nos do que resta dos nossos arquivos, consta que em 1937 a Câmara contava com cerca de 170 sócios, 64 portugueses e um pouco mais de 100 italianos (dos quais 53 residiam em Itália).

Em 1966, ano em que a Câmara celebra o meio século de existência, o número de sócios era de 318, registando-se já naquela altura uma inversão de tendência, com os sócios portugueses a ultrapassar em número os sócios os italianos. De então para cá esta tendência não tem parado de se acentuar, sendo que, actualmente, 85% do total dos sócios é representado por empresas residentes em Portugal (a distinção entre empresas de capital italiano e empresas locais perdeu muito do seu significado inicial).

O aumento da massa associativa acompanhou, nas décadas seguintes, o crescimento da Câmara em termos de estrutura organizacional, alargamento e potenciamento dos serviços, influência e prestígio no contexto socio

Especialmente nos anos 80 e início dos anos 90 registou-se um salto qualitativo, que se tornou possível graças às oportunidades oferecidas pela informática, das quais a Câmara, com visão inovadora, soube aproveitar.

Ao longo de todo este período o número de sócios ultrapassou a barreira do milhar (tendo-se atingido o número máximo em 1991, com mais de 1200 sócios), enquanto que nos anos mais recentes factos e eventos de índole vária determinaram o seu decréscimo.

Antes de mais, a introdução do "mercado interno" (1996), que pôs fora de jogo classes profissionais inteiras; posteriormente, a simplificação das transacções e, em geral, das relações transnacionais (a já mencionada "expansão informática") que, sobretudo no seio da UE, representou um factor de desincentivo à adesão às Câmaras de Comércio; a crescente preocupação das empresas na contenção de custos considerados "marginais", optando estas pelo pedido pontual de um determinado serviço, em detrimento da filiação em organizações prestadoras de serviços.

Actualmente a Câmara conta com cerca de 220 sócios, mas o aumento e a crescente diversificação dos serviços, o dinamismo que nos caracteriza, as iniciativas e propostas promocionais que levamos a cabo, bem como o crescimento do volume de facturação que anualmente se regista, são os testemunhos mais eloquentes da presença marcante da Câmara neste mercado.

Conselho Directivo

Triénio 2018-2020

SAnti Cianci

Presidente
Santi Cianci

Nome EmpresaCargo
Santi CianciGenerali Companhia de Seguros, S.A.Presidente
Elisabetta BortoneHaag AdvogadosVice Presidente
Michelangelo CammarataElitiberica, LdaVice Presidente
Mario FranchiSociedade Comercial Luso Italiana, LdaVice Presidente
Carlos GriloCricket Gestão e Consultadoria, LdaConselheiro
Christian ThiemeNovo Banco, S.A.
Conselheiro
Federico BortotFerrero Iberica, S.A.Conselheiro
Ilario GallinaBialuso, LdaConselheiro
Jorge LuzziHerco, S.A.Conselheiro
José AlvesGenerali Vida, S.A.Conselheiro
José Pedro Aguiar BrancoJPAB & AssociadosConselheiro
Luís VilaçaLipari Garcia & AssociadosConselheiro
Marco MelchioriCalzedonia Portugal, LdaConselheiro
Mariana BergerBNP Paribas, S.A.Conselheiro
Miguel JúdiceRestaurante ElevenConselheiro
Nuno Ribeiro Da SilvaEndesa, S.A.Conselheiro
Pedro RutkowskiWorx, S.A.Conselheiro
Thomas MarraGi Group PortugalConselheiro
resultados (de )

Staff da Câmara

Sede de Lisboa e delegação Norte

Marcello Menichetti
Secretário Geral

Teresa Lemos
Responsável Feiras e Eventos

Monica Montella
Responsável comercial

Sandra Nunes
Responsável Contabilidade

Paula Ribeiro
Responsável delegação Norte

Contactos

Para qualquer pedido ou sugestão

Sede de Lisboa

Avenida Miguel Bombarda 83 B, R/C Esq.
1050-162 LISBOA
Email: info@ccitalia.pt | Tel +351 217950263

Delegação Norte
Rua da Restauração 409, 1º andar
4050-506 PORTO
Email: info@ccitalia.pt | Tel +351 226064912

Sócios Supporters

A Câmara de Comércio Luso-Italiana tem o suporte de:

Sede de Lisboa 

Av. Miguel Bombarda 83 B, R/C E
1050-162 Lisboa
Portugal

Delegação Nord

Rua da Restauração, 409, 1º                 
4050-506 Porto



Fazemos parte de

assocamerestero

Links

Business Atlas Portogallo
Inscrição na newsletter


Contactos

Email: info@ccitalia.pt
Tel: +351 21 7950263
Fax: +351 21 7931984


Somos certificados ISO 9001

TUV Rheinland